Governo aprova projecto para universidade de Economia em Carcavelos

Publicado Por: Manuel Serol - 05• Jul•2012

O Conselho de Ministros aprovou hoje uma resolução que suspende disposições do Plano Diretor Municipal de Cascais e da Orla Costeira com vista à construção da futura Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, em Carcavelos.

Em comunicado, publicado hoje no sítio da internet do Governo, a medida é explicada pela execução do projeto para a futura Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa (New School of Business and Economics) prevista para ser construída em Carcavelos.

“O projeto constitui uma iniciativa de relevante interesse local e nacional, sendo das instituições que mais se têm destacado, a nível nacional e internacional, na área da Gestão e da Economia, oferecendo garantias no que respeita à intenção de criar uma estrutura de formação e investigação de excelência a nível mundial”, lê-se no comunicado.

Assim, o Conselho de Ministros aprovou uma resolução que suspende, pelo prazo de dois anos, “algumas disposições do Regulamento do Plano Diretor Municipal de Cascais, bem como do Regulamento do Plano de Ordenamento da Orla Costeira Cidadela – S. Julião da Barra, numa área localizada na freguesia de Carcavelos”.

A resolução prevê ainda alterações à delimitação da Reserva Agrícola Nacional do Município de Cascais.

“O interesse do projeto manifesta-se, ainda, no facto de permitir a dinamização da economia local e desenvolvimento regional, com a frequência de mais de 3000 alunos”, sustentam.

Depois de a Câmara de Cascais ter celebrado em fevereiro um protocolo com a Universidade Nova de Lisboa que previa o prazo de um ano para a autarquia encontrar um terreno com “100 mil metros quadrados, num local simbólico, situado junto ao mar e com acessibilidades várias” para instalar a prestigiada New School of Business and Economics, o executivo liderado por Carlos Carreiras encontrou em Carcavelos o destino ideal.

Em abril, o autarca adiantou à agência Lusa que o terreno em causa está situado num espaço contíguo ao comando da NATO, em Oeiras, e pertence a um privado.

O futuro campus universitário da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa terá capacidade para cinco mil alunos e insere-se numa intenção do executivo para “atrair conhecimento, competência e atividade no município, de forma a torná-lo mais atrativo”.

Cascais conta já com dois polos universitários, a Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril e a Escola Superior de Saúde do Alcoitão.

Fonte iOnline

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *