Comércio electrónico em Portugal escapa à crise

Publicado Por: Sónia Serol - 11• Jul•2012

Um estudo divulgado pela ACEPI – Associação do Comércio Electrónico e da Publicidade Interactiva revela que apesar do clima de crise económica, o sector do comércio electrónico em Portugal continua a ter bons resultados.

A conclusão é do Barómetro Trimestral ACEPI/Netsonda «Comércio Electrónico em Portugal», que reúne dados do primeiro trimestre deste ano, que indicam que 57 por cento dos sites inquiridos pela ACEPI revelaram ter tido um aumento de volume de vendas durante os primeiros três meses de 2012 em comparação com o mesmo período de 2011.

Desta percentagem, 27 por cento registaram um crescimento acima dos dois dígitos percentuais, de acordo com o estudo.

Também no que diz respeito ao aumento do número de utilizadores, os resultados foram positivos, com 65 por cento dos sites a responder que viu este valor crescer no primeiro trimestre do ano.

As categorias de produtos e serviços mais transacionados nos sites que participaram no inquérito foram Livros/Revistas e artigos de Casa/Arte/Decoração.

Em relação às perspectivas para o próximo trimestre, 43 por cento dos inquiridos respondeu que prevê um aumento do volume de vendas.

Em comunicado o presidente da ACEPI, Alexandre Nilo Fonseca, consider que estes resultados demonstram que «o comércio eletrónico continua a resistir à crise económica e a afirmar-se cada vez mais como um espaço fundamental para o desenvolvimento e crescimento das empresas portuguesas. Este barómetro dá-nos também uma vez mais indicadores que nos permitem concluir que os portugueses estão a comprar e a vender cada vez mais no online».

 

Fonte: Sol

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *