Dois terços das exportações de cortiça têm origem em Portugal

Publicado Por: Manuel Serol - 22• Jun•2012

Portugal garantiu, em 2011, uma quota mundial de 62 por cento no setor da cortiça, exportando 169 mil toneladas equivalentes a 806 milhões de euros, uma recuperação de sete por cento face ao ano anterior.

Os dados são do International Trade Center e do Instituto Nacional de Estatística e foram hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Cortiça (APCOR).

França, EUA, Espanha e Itália foram os principais destinos da cortiça portuguesa, com 20, 16, 11 e 10 por cento do valor exportado, respetivamente.

A exportação de rolhas de cortiça, que representam 70 por cento dos produtos exportados, aumentou cerca de 6,0 por cento entre 2010 e 2011, passando de 529 para 564 milhões de euros.

As vendas de cortiça portuguesa no estrangeiro representam cerca de dois por cento das exportações totais e significam um saldo de 670 milhões de euros na balança comercial.

Portugal é também o terceiro maior importador mundial de cortiça natural, que é exportada posteriormente sob a forma de produtos de consumo final.

Em 2011, as importações atingiram 135 milhões de euros e 63 mil toneladas.

Fonte iOnline

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *