Projecto na Internet para promover imagem do país com dez mil visitas em três meses

Publicado Por: Manuel Serol - 28• Jun•2012

O portal lançado pelo projeto Probe, dirigido a decisores económicos e políticos, recebeu 10 mil visitas no período experimental de três meses, números considerados “encorajadores” pelos promotores, que pediram hoje a Cavaco Silva o alto patrocínio à iniciativa.

“Queria salientar o facto de neste período experimental termos números muito encorajadores. Sem promoção, termos quase dez mil visitantes vindos de fora é de facto encorajador no sentido de que o site parece estar a dar resposta às pessoas”, afirmou Miguel Athayde Marques, presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que lidera o projeto.

No final de uma audiência com o Presidente da República, no Palácio de Belém, Miguel Athayde Marques disse que o projeto foi “muito bem recebido” por Cavaco Silva, a quem foi pedido o alto patrocínio da Presidência à iniciativa, que visa disponibilizar informação sobre a economia portuguesa a decisores económicos e políticos estrangeiros.

O responsável frisou que a “iniciativa é da sociedade civil” com o apoio de instituições portuguesas privadas “muito relevantes” que se juntaram para viabilizar um projeto que visa “que terceiros possam tomar decisões mais informadas e mais avisadas sobre Portugal em matérias de investimento, de dívida pública, de empresas”.

Miguel Athayde Marques lembrou que Cavaco Silva, no seu discurso no 25 de Abril, fez um apelo para que “todos os portugueses tenham consciência de que é preciso promover o país” para que “todos tenham uma imagem verdadeira do país lá fora”.

Com cerca de dez mil visitas provenientes do estrangeiro e de 100 mil `pageviews´ nos três meses de versão experimental, o portal estará na Internet na sua versão definitiva “na próxima semana”, disse.

“Os utilizadores, pelo que é possível saber, vêm de institutos públicos nos vários países, ou pessoas que trabalham em empresas gestoras de fundos, ou analistas financeiros, ou corretores. Claro que pretendemos alargar este âmbito”, acrescentou.

O sítio www.peprobe.com tem o apoio das Fundações Calouste Gulbenkian, Luso-Americana e Oriente, Associação Portuguesa de Bancos, Caixa Geral de Depósitos, Banco Espírito Santo e Impresa.

Fonte iOnline

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *